Barão de Mauá

O Autor

 

GILBERTO MARINGONI, 52, é professor de jornalismo na Fundação Cásper Líbero e pesquisador em História Econômica no IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). É também doutor em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (2006) e formado em arquitetura pela FAUUSP (1986).

Tem doze livros publicados, entre eles Angelo Agostini, a imprensa ilustrada da Corte à Capital Federal – 1864-1910 (Devir Livraria, 2011), A Venezuela que se inventa – poder, petróleo e intriga nos tempos de Chávez (Editora Fundação Perseu Abramo, 2004), Direitos humanos, imagens do Brasil (Aori, 2010) e Barão de Mauá, o empreendedor (Aori, 2007).

Foi editor de política da Agência Carta Maior (2001-2007), repórter de Reportagem (1999-2001), editor da revista Atenção! (1995-1997), chargista político de O Estado de S. Paulo (1989-1996), além de colaborador de várias publicações, como Folha de S. Paulo, Jornal do Brasil, Zero Hora, Carta Capital, etc.

Publicou quadrinhos no Brasil, França, Itália, Espanha, Portugal e Venezuela. Como jornalista, realizou coberturas na Tailândia, Itália, Chile, Venezuela, Cuba, Bolívia, Paraguai e Brasil. Foi membro do júri do Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, em 2005.